Notícias

Como funciona a gestão de resíduos em obras públicas

Quando se fala na gestão de resíduos, logo pensamos no manejo adequado e sustentável dos resíduos domiciliares e dos gerados nos estabelecimentos de atenção à saúde. No entanto, poucos pensam na quantidade de resíduos acumulados em uma obra pública. Vale lembrar que toda grande obra pública exige um bom projeto, planejamento impecável e rigorosos controles de fiscalização e qualidade.

 

Em casos como a recuperação da Ponte Hercílio Luz, também é fundamental estar em dia com as diretrizes e o gerenciamento de resíduos. Reduzir os impactos ambientais gerados pelos resíduos oriundos da construção é um dos compromissos da restauração da #NossaHercílioLuz.

 

Hoje você vai saber como deve ser feita a gestão de resíduos em obras públicas. Assim como manter a manutenção em dia, uma boa gestão de resíduos também é um fator fundamental para promover a economia e diminuir o desperdício de materiais.

 

Reforma da Ponte Hercílio Luz – Julio Cavalheiro (SECOM)

 

O que são os resíduos em obras?

 

Os resíduos são todos os materiais resultantes das atividades de construção, reforma, reparos, demolições, bem como aqueles resultantes da remoção de vegetação e escavação do solo. Os resíduos são popularmente conhecidos como entulhos.

 

 

 

A importância do gerenciamento de resíduos

 

Apesar de toda a preocupação com o meio ambiente, ainda é evidente a falta de conhecimento para uma efetiva conscientização ambiental, como redução do consumo de recursos naturais, de matérias primas e reaproveitamento de materiais.

 

A gestão efetiva dos resíduos é fundamental para reduzir a poluição e o consumo de recursos naturais. Atualmente, a maioria dos resíduos gerados é proveniente de obras de ampliações, demolições, reformas ou restaurações, como é o caso da recuperação da Ponte Hercílio Luz.

 

Quais os tipos de resíduos e para onde devem ser destinados?

 

 

O Conselho Nacional do Meio Ambiente – CONAMA criou instrumentos legais que definem responsabilidades e deveres para os geradores de resíduos. As regras são uma forma de eliminar os impactos ambientais decorrentes do descontrole das atividades relacionadas à geração, transporte e destinação desses materiais. Os materiais foram divididos em classes e cada um tem a sua destinação correta.

 

 

 

 

Os resíduos da Classe A, por exemplo, são reutilizados ou reciclados na forma de agregados. Eles precisam ser encaminhados a áreas de aterro de resíduos da construção e dispostos para futura utilização para outros fins. Os da Classe B devem ser reutilizados, reciclados ou encaminhados a áreas de armazenamento temporário. Já os da Classe C e D são armazenados e transportados para destinação adequada em conformidade com as normas técnicas específicas.

 

Gestão de resíduos e a ponte Hercílio Luz

 

Vale lembrar que os resíduos da recuperação da Ponte Hercílio Luz não representam grandes riscos ambientais. Mesmo assim, a empresa responsável pela obra conta com um sistema de gestão específico. O gerenciamento visa reduzir, reutilizar ou reciclar os resíduos e conta com responsabilidades, práticas, procedimentos e recursos para desenvolver e implementar as ações necessárias ao cumprimento das etapas previstas na lei.

 

Com a reutilização, é possível reaplicar o resíduo sem a transformação do mesmo, gerando mais economia e menos desperdício. Já a reciclagem permite o reaproveitamento do resíduo após ele ter sido submetido à transformação. Por fim, o beneficiamento é capaz de submeter o resíduo a processos que permitam que ele seja utilizado como matéria-prima ou produto.

 

 

 

Grande parte do material faz parte das estruturas provisórias que hoje sustentam a ponte. Elas possuem a finalidade de estabilizar a estrutura da obra original, garantindo a sua integridade a efetiva conclusão de sua recuperação. Elas serão retiradas e a ponte será reaberta de acordo com o projeto original, assim como na sua inauguração, em 1926.

 

Quer continuar acompanhando as notícias sobre a obra e outras curiosidades sobre Florianópolis? Curta nossa página e receba todas as novidades.

Outras notícias

Compartilhar Pagina